Arquivo

Archive for fevereiro \16\UTC 2012

Globo Esporte:Hernan Barcos respondendo reporter da Globo a altura

Achei corretíssima a reação do atacante Hernan Barcos a estúpida brincadeira feita pelo repórter da Globo Leonardo Bianchi da Rede Globo,que como mostrado no vídeo abaixo compara o argentino do Palmeiras ao cantor Zé Ramalho.
Barcos respondeu a altura ao repórter,mesmo utilizando palavrões o argentino do Palmeiras deixa claro que o centro de treinamento é seu local de trabalho e ali as coisas devem ser tratadas com seriedade,devendo ser discutido apenas futebol sem espaço para jornalismo moleque como o praticado atualmente pelo programa Globo Esporte que tem passado dos limites com tantas idiotices.

Barcos colocou em prática algo que os jornaleiros constantemente batem na tecla quando por exemplo torcedores vão cobrar resultados em centros de treinamentos,a famosa frase:Local de treinamento é sagrado e os jogadores devem ser respeitados em seu espaço.Perfeita a análise de nossos jornaleiros,porém a conduta também deve ser seguida a risca também pela imprensa que está ali para questionar e não realizar trabalho circense.

O engraçado é ver o corporativismo da imprensa paulista que resolveu atacar via twitter(o novo palco de guerra de nossos jornaleiros) as palavras do atacante,como se ele estivesse errado em reagir a provocação do inocente global que achou o máximo expor o atacante ao ridículo e transforma-lo em um ídolo trash quando o foco do atacante parecer ser apenas jogar futebol e se estabelecer no futebol brasileiro.

Não gosto nem um pouco do jornalismo troller praticado atualmente pela Globo na hora do almoço,sinto saudades de quando o Globo Esporte era sério e focado apenas em esportes,ainda prefiro a chatice do Neto a boçalidade do Leifert e de alguns reporter engraçadinhos da Rede Globo.

Boa sorte Barcos e siga focado apenas em marcar gols e não levando desaforos pra casa…


Anúncios
Categorias:Uncategorized

Ricardo Perrone:Surrado

Uma das maiores surras já vistas no duelo dirigente x imprensa,foi presenciada ontem na sabatina da Folha de São Paulo com o ex-presidente do Corinthians Andres Sanches,colocou Danel Perrone em seu devido lugar lhe dando o merecido troco por fazer papel de mensageiro da oposição do clube personificada por Paulo Garcia e Antônio Roque Citadini.

Perrone foi debatido com dados por Andrés Sanches que não deixou passar a oportunidade de finalmente confrontar todas as bobagens escritas pelo blogueiro em seu blog do uol.Sanches parece ter se preparado como nunca para uma entrevista,parecendo um político em dia de debate próximo a eleição.Perrone,não teve reação aos diversos fatos levantados pelo atual diretor de seleções.

Como dito pelo amigo ;Silvio Romualdo em seu blog:

Ontem foi um dia daqueles que Perrone não queria ter vivido.Foi massacrado e lava a alma daqueles que se revoltam com a baixeza das suas postagens tendenciosas e muitas vezes, mentirosas.Tudo porque, além da forma panfletória descaradamente tendenciosa à oposição corinthiana, Perrone desde os tempos de Painel da Folha, não filtrava suas informações de bastidores, as tais famosas informações oriundas das árvores falantes das Alamedas do Parque São Jorge.

Surra merecida e bem levada por alguém que utiliza veículos de grande audiència com uol para fazer jornalismo porco e tendencioso.

Categorias:Uncategorized

Mauro Cezar Pereira:Incansável hipocrisia

Hoje o valentão dos teclados e asno virtual Mauro Cezar Pereira da Espn,publica em seu blog a relação das temperaturas do ar nos horário dos jogos dos estaduais desde domingo(05/02). Mauro Cezar critica os horários dessas partidas,algo que concordo pois em temperaturas menores os jogos poderiam ser melhores,com os atletas preservados e público evitando o sol das 17:00 e as temperaturas acima dos 30 graus.

O engraçado é ver o mesmo jornaleiro no dia anterior comentando a partida entre Manchester City x Fulham pela Premier League que corria sob neve e temperatura negativa.Junto com o fraco Paulo Andrade a duplinha da Espn estava maravilhada com a intensa nevasca que castigava público e jogadores no Etihad Stadium em Manchester.Tanto neve quanto calor excessivo são péssimos para a pratica esportiva,alteram a qualidade do espetáculo e colocam a saúde dos atletas em risco,além de ser uma tremenda imbecilidade se maravilhar com um espetáculo desumano como o presenciado em Manchester.

O jornaleiro deveria deixar de ser hipócrita e também criticar a neve européia que é ruim do mesmo jeito que o calor brasileiro.Não dá para fechar os olhos para o frio europeu e depois criticar partidas debaixo de forte sol como as disputas nos estaduais pelo Brasil nesse final de semana.É incrível sua hipocrisia quando é na Europa vale tudo,no Brasil tudo é um lixo e nada presta.

Não é possível que um jornalista tenha uma visão tão reduzida dos problemas julgando os fatos de acordo com o envolvido,que sorte que esse Mauro Cezar Pereira e suas opiniões morrem no traço cronico da Espn,não deveria ser repercutido porém merece ser criticado em sua interminável hipocrisia.

Categorias:Uncategorized