Arquivo

Archive for setembro \30\UTC 2011

Cosme Rimolí:Jornaleiro maldade volta a atacar

Desculpe pelas palavras leitor mas que post safado e canalha escrito por Cosme Rimoli a respeito da escolha de Sandro Meira Richi como arbitro da partida entre Vasco x Corinthians domingo em São Januário.

Covarde como sempre não ataca diretamente mas insinua que a escolha do arbitro foi feita para beneficiar a equipe paulista e que sua promoção para arbitro FIFA tem a ver com o pênalti marcado a favor do Corinthians em partida contra o Cruzeiro no último campeonato brasileiro.Insinua mas não prova quais são os relacionamentos entre Ricci e Corinthians,relembra a partida do ano passado e tem o cinismo em dizer que Cuca técnico cruzeirense do ano passado é um cidadão pacato,sendo que todos que acompanham futebol sabem que de pacato o treinador não tem nada,é um chorão que adora dar chiliques em público e também nas entrelinhas deixa claro que as ofensas proferidas por Zezé Perrela contra Sérgio Corrêa,não teve desdobramentos jurídicos pois o diretor da comissão de arbitragem participa de esquemas que beneficiariam a equipe paulista.

Esse tipo de post é covarde,nojento e com intuito de denegrir a imagem do clube e do futebol brasileiro com insinuações graves contra a honestidade de arbitro e a lisura dos resultados do campeonato brasileiro.

Gostaria que  Cosme Rímoli mostrasse provas de esquemas com árbitros para armação de resultados,deixe de ser covarde jornaleiro prove suas afirmações e já que você sabe que o campeonato é armado avise ao bispo pra quem que você trabalha para que ele não ofereça um caminhão de dinheiro para tentar comprar os direitos de transmissão de um campeonato com resultados armados.

Rímoli segue destilando seu ódio com o futebol,sabe-se lá por qual motivo,talvez seja um frustrado por não ter conseguido atuar em outra área do jornalismo,mas o fato é que esse cidadão é um covarde e vive de restos e não deixa duvida disso em cada um de seus irresponsáveis posts.

Categorias:Uncategorized

André Rizek:”Nosso papel não é torcer e sim fazer jornalismo”

De André Rizek,no programa Redação Sportv da última quarta-feira,ao responder um internauta que o questionava por não se empolgar com a seleção brasileira:

Nosso papel não é torcer e sim fazer jornalismo.

Concordo com o jornaleiro,essa é a postura que a imprensa deveria torcer e o que gostaríamos que acontecesse principalmente ao tratar de eventos locais e nem tanto quando a seleção brasileira está envolvida.Belas palavras ditas pelo jornaleiro mas utópicas e não seguidas por ele.

Rizek deveria se lembrar de sua frase nos momentos em que se sujeita a ser torcedor do Flamengo junto com Renato Maurício Prado tratando o clube como vitima de perseguição de árbitros e CBF,quando faz vistas grossas para erros de arbitragem que beneficiam os clubes do Rio de Janeiro ou então ao bajular a dupla Grêmio e Internacional quando conversa com Paulo Brito no Redação Sportv,provas claras do papel de torcedor que Rizek tem se prestado em seus programas no Sportv.

A frase do apresentador do Sportv foi uma tremenda incoerência,disse algo que não pratica desde que saiu do grupo Abril,Rizek para quem não se lembra foi quem denunciou a mafia do apito em 2005,esquema do ex-arbitro Edilson Pereira de Carvalho com alguns apostadores de sites de esportes,era um jornalista respeitado e com publico cativo.Foi para as organizações Globo e se perdeu completamente,hoje está cada dia mais distante do ótimo jornalista que foi e de denunciante do caso máfia do apito está se caracterizando como bobo da corte das imbecilidades clubisticas de Renato Maurício Prado e pelo senso critico que adotou contra as equipes paulistas como se isso fosse deixar suas opiniões isentas e independentes,muito pelo contrário isso o deixa com estilo bairrista próximo de alguns de seus companheiros de bancada que acham que o futebol brasileiro se resume a Rio de Janeiro e eventualmente alguma outra praça.

Rizek deveria voltar as origens,trabalhar com jornalismo investigativo,não tem talento para apresentar programas ou ser comentarista de futebol,o tipo de jornalismo que ele tem praticado atualmente é contrário ao seu estilo e frases como a dita no Redação de quarta-feira é uma afronta a inteligência e aos ouvidos do telespectador.

Que Rizek reflita sobre o atual momento na carreira,está descartando seu talento investigativo em prol de atividades que não tem talento para exercer e por um jornalismo bairrista e calhorda como o praticado pelo Sportv.

Categorias:Uncategorized

Tv Aberta:Ex-jogador no microfone não existe um que se salve

Deveria existir uma norma nos veículos de comunicação que proibisse contratar ex-jogadores de futebol para comentarista.A grande maioria desses ex-jogadores que comentam futebol foram de razoáveis a perna de pau,não conseguem passar nenhuma de suas experiências de dentro de campo,quando deveriam ter uma visão abrangente de uma partida e fazer leituras claras de momento tático e situação técnica dos jogadores.

Na tv aberta onde atualmente  a maioria dos comentaristas são ex-jogadores não é diferente,atualmente não há ninguém que se salve,na Band temos um empolgado e rancoroso Neto,qualquer jogadorzinho é um baita jogador,vai distribuindo elogios sem o menor critério além de fazer média com amigos como Rogério Ceni,Luiz Fabiano e Kléber Gladiador.É rancoroso com aqueles que o incomodam principalmente com os possíveis ídolos do Corinthians,criticou Ronaldo e Tevez durante toda a passagem desses jogadores pelo clube,atualmente resolveu perseguir Adriano,criticas estranhas que mais parece perseguição.Edmundo é bairrista e não demonstra força nas suas opiniões,jamais entra em questões polêmicas que envolvem clubes cariocas chegando até a fazer vistas grossas para erros de arbitragem a favor de Flamengo,Vasco,Botafogo e Fluminense.Denilson eu me recuso a comentar é uma inesplicável escolha da Band.

Na Rede Globo,o seu famosos padrão de qualidade parece não ter enquadrado seus comentaristas,hoje talvez Junior seja o melhor entre eles com opiniões mais precisas e com maior facilidade em transferir suas experiências de campo para o microfone mas derrapa na torcida aos cariocas principalmente quando o Flamengo está em campo.Para Caio Ribeiro tudo é bonito,todo mundo é um craque e não há problemas em nada,suas opiniões não tem peso e relevância ainda não entendi qual seu propósito como comentarista de futebol e assim como Denilson o por que de fazer parte da equipe de esportes da principal emissora do país.Casagrande reinou por muitos anos como o melhor comentaristas em teve aberta,embora também nunca tenha sido unanimidade,chegou a dizer em 2003 que Robinho superaria Maradona e chegaria próxima de Pelé na história dos melhores do futebol… mas se perdeu como comentarista talvez devido aos seus problemas pessoais,parece não ter mais a mesma visão de jogo que há alguns anos atrás,a mesma contundência nas opiniões tendo se tornado um torcedor principalmente ao comentar partidas de Santos e São Paulo

Talvez eu possa estar sendo radical em minha opinião,mas comparando com comentaristas de outros esportes onde ex-atletas relatam com detalhes suas experiências e traçam com precisão a atuação de um atleta ou o momento de uma partida,no futebol a situação é outra,nossos comentaristas deixam e muito a desejar sempre comentando obviedades,sendo rancorosos ou chapa branca com técnicos e jogadores quando deveriam ser diferentes por possuírem como diferencial a visão de ex-jogador,uma pena que não saibam aproveitar seus diferenciais pois sem isso suas presenças são totalmente dispensáveis.

Categorias:Uncategorized

Jornaleiros:Clubes mineiros vão mal por causa da falta do Minerão

Que esdrúxula a tese de vários jornaleiros entre eles Juca Kfouri,Milton Neves e Luis Roberto  colocando a culpa no fechamento do estádio do Mineirão para justificar o fraco momento do futebol mineiro no campeonato brasileiro.

Uma grande bobagem,o futebol de Minas vem mal desde 2003 quando o Cruzeiro conquistou o segundo título do estado na história dos brasileiros,depois disso nenhum de seus clubes conquistou títulos que não fossem o estadual.Não se pode colocar a culpa no fechamento do estádio,pois entre 2004 e 2009 ele esteve aberto e foi palco do rebaixamento do Atlético em 2005 e da derrota do Cruzeiro na final da libertadores de 2009 frente ao Estudiantes de ,onde a raposa chegou a estar liderando o marcador.

Por que ninguém disse que o Mineirão faz falta quando o Cruzeiro era o líder entre todos os participantes da libertadores com uma série de goleadas nos rivais ou no começo do campeonato quando Atlético e Cruzeiro eram considerados favoritos para a conquista do campeonato.O problema dos clubes mineiros são seus times fracos e não estádio,o Cruzeiro além de perder vários jogadores ao longo do campeonato,mantém ex-jogadores em atividade no seu elenco como Roger e Gilberto.O Atlético monta times caros e ruins apostando em refugos que se destacaram em temporadas passadas mas hoje se tornaram jogadores comuns.

Como lembrado pelo reporter Leandro Quesada do Rádio Bandeirantes e do UOL em seu blog,se o problema de desempenho fosse estádio os clubes cariocas não estariam entre os primeiros no campeonato até o Palmeiras que mesmo irregular joga longe de seu estádio e nem por isso está brigando pelo rebaixamento.

Talvez para fazer média com os torcedores mineiros nossos jornaleiros preferem colocar a culpa no Mineirão e não colocar o dedo na ferida dos sérios problemas vividos pela dupla de BH.

Categorias:Uncategorized

Convocação da Seleção Brasileira: Os mesmos comentários levianos de sempre…

Queria ter tratado do assunto semana passada mas não consegui,entretanto com a proximidade de Brasil x Argentina a discussão ainda tem validade.Mano Menezes convocou duas seleções brasileiras distintas para jogos contra Argentina, Costa Rica e México que se realizarão durante os meses de setembro e outubro.Mais uma vez nosso jornaleiros utilizam suas limitadas capacidades intelectuais para criticar o treinador brasileiro e insinuar que a convocação foi feita para beneficiar o Corinthians e prejudicar Vasco e São Paulo,que estão cedendo Lucas e Dedé para os jogos contra Costa Rica.

Como podem ser tão levianos assim?Colocam a lisura do campeonato e do treinador sob suspeita, sem apresentar nenhuma evidência do fato. Ao convocar a seleção brasileira, Mano Menezes não faz pensando em prejudicar ou beneficiar clube algum, convoca os melhores de acordo com suas convicções,da mesma forma que feito no passado por treinadores considerados honestos pela mídia como Tele Santana,João Saldanha e Luiz Felipe Scolari que sem intenção acabaram ajudando ou prejudicando equipes nos campeonatos da época.

Podemos discutir se um ou outro nome convocado merece fazer parte do elenco ou outras questões técnicas, mas não achar que convocação de seleção brasileira é feita para beneficiar clube A ou B… É ser cretino demais.E o pior que são sempre os mesmos que fazem esse tipo de afirmação, na semana passada Juca Kfouri e Renato Mauricio Prado que acompanham seleção brasileira a mais de 30 anos e sabem que convocações são feitas de acordo com critérios técnicos e não clubisticos foram os primeiros a comentar o fato mesmo sabendo que suas teses são mentirosas.

Gostaria de entender onde esses jornaleiros querem chegar com esse tipo de argumento,não há qualquer lógica e nenhum fundo de verdade é apenas querer insinuar fatos,construir polêmicas tolas e desvalorizar o já machucado futebol, que além do difícil momento técnico que atravessa tem de enfrentar a fúria de uma imprensa irresponsável que deseja destruí-lo a todo custo.

Que Mano Meneses siga prejudicando o São Paulo,Corinthians,Vasco,Palmeiras,pois o que importa é a seleção brasileira forte mesmo que isso em algum momento atrapalhe algum clube e a história mostra que o beneficado de hoje já foi prejudicado anteriormente.Não há o que discutir nessas convocações que não seja o critério técnico,qualquer coisa diferente disso é argumento de jornaleiro picareta e caluniador.

Categorias:Uncategorized

Campeonato brasileiro:Os ridículos comentaristas de melhores momentos

Mais uma rodada do campeonato brasileiro se encerrou,começa a repercussão da rodada.Nossos jornaleiros analisam todas as partidas taticamente,criticam aquele que jogou mal,o treinador que trocou errado e elogiam os craques da rodada.Na tv aberta isso não acontece com tanta frequência por que sempre se baseiam em no máximo duas partidas da rodada onde costumam analisar com correção,porém na tv fechada chega a ser ridículo,todo domingo os jornaleiros de Sportv e ESPN se transformam em comentaristas de melhores momentos fazendo análises de algo que não viram totalmente dando opinião sem qualquer embasamento.Mas pior que na tv costumam ser as análises de pós-jogo de Juca Kfouri no UOL,onde ele prepara grandiosos textos para partidas que ele não viu,como pode dizer que alguém jogou bem ou mal ou o por que de determinada equipe ter vencido uma partida sem ter acompanhado a partida?Eu entendo que o trabalho de nossos jornaleiros é opinar mas vamos parar de enganar o torcedor com análises profundas de fatos não presenciados evitando situações ridículas e opiniões distorcidas e sem context0 de partidas do campeonato brasileiro.Seria melhor que nossos jornaleiros comentassem as principais partidas da rodada e apenas mostrasse os gols dos outros jogos,com isso teríamos analises mais completas e corretas das partidas.

Categorias:Uncategorized

Caso Emerson Sheik:Entrevista absolutamente normal

O blog andou um pouco desatualizado na última semana por questões profissionais do blogueiro,por tanto não estive tão atento aos acontecimentos da semana,fui alertado por alguns leitores sobre a repercussão da entrevista coletiva de Emerson Sheik na última sexta-feira no Corinthians, com alguns jornaleiros aumentando e até deturpando suas palavras.

Acompanhei a entrevista pelo blog da Yule Bisetto no GE.com,não percebi nada demais nas entrevista do atacante corintiano. Ele apenas estranhou o fato da torcida cobrar a equipe mesmo ela estando entre os quatro primeiros colocados no campeonato brasileiro e que no Rio o torcedor costuma cobrar quando o clube vai mal na tabela.Talvez por não ter jogado em São Paulo,Emerson não entenda que a cobrança pra quem joga nos grandes da capital é maior.O torcedor paulista não aceita uma sequência de três jogos sem vitória pois é acostumado com equipes fortes e vencedoras o que o tornou mais exigente que as outras torcidas do país,o Corinthians ficou dois meses sem vencer no final de semana algo inaceitável para um clube grande e dificilmente seria perdoado pelo exigente torcedor.

Serei honesto com o leitor,não ac0mpanhei a repercussão da mídia sobre o fato,mas a entrevista foi absolutamente normal somente um pouco mais ousada que as entediantes coletivas do dia-a-dia dos clubes,mas transformar isso em polêmica é mais uma vez provar que a imprensa principalmente a paulista,vive de restos.

A imprensa realmente merece as mesmices dos jogadores nas coletivas,quando tem um jogador que fala algo diferente já repercutem o fato de maneira negativa,Emerson não pretende mais dar entrevistas coletivas até o final do ano,faz muito bem,pois assim estará evitando confusões com o monstro chamado IMPRENSA!

Categorias:Uncategorized