Início > Uncategorized > Jornaleiros: Agora o Tira-Teima não presta

Jornaleiros: Agora o Tira-Teima não presta

Alguns dados sobre o funcionamento do software Tira-Teima utilizado pela Rede Globo:

  • 1 – Primeiro, o computador é alimentado com os pontos fixos de referência do campo em que ocorrerá a partida, como a altura das traves e as dimensões da grande área. Com esses dados, as máquinas criam uma imagem 3D da cena, um campo virtual, idêntico ao de verdade. Depois, um operador casa os pontos do campo virtual com a imagem do real.
  • 2 – Com o campo virtual pronto, o próximo passo é mostrar para o computador onde estão as partes móveis do lance a ser analisado (jogadores, bola, juiz). Isso é feito manualmente: os operadores pausam uma imagem e indicam as posições. Para construir uma sequencia animada, esse processo é repetido várias vezes nas inúmeras cenas do lance.
  • 3 – O computador transforma os pontos móveis dos jogadores em bonecos no campo virtual. As posições deles são remarcadas pelos operadores para indicar à máquina quando um jogador mudou de direção, por exemplo. A partir disso, o computador cria automaticamente uma animação em 30 quadros por segundo, o que dá a ilusão de movimento.
  • 4 – A animação serve apenas para dar um charme. Só as cenas marcadas manualmente podem ser rotacionadas em 360 graus, por exemplo, oferecendo um ângulo de visão diferente para o mesmo lance. Assim, pode-se encontrar jogadores impedidos com precisão. Para calcular a distância entre dois atletas, usam-se como referência os dados já armazenados sobre os pontos fixos do gramado.

 O Tira-Teima é o chamado olho eletrônico que muitos de nossos jornaleiros defendem a sua utilização como solucionador de erros de arbitragem, o que eu concordo devido à exatidão do software na solução de lances polêmicos. É usado pela Rede Globo desde a Copa do México de 1986, ao longos das três últimas décadas com a entrada de novas tecnologias foi sendo aprimorado e ficando cada vez menos parecido com um game devido a utilização de imagens reais de lances polêmicos,é sem dúvida alguma um produto consolidado e sem bugs (termo utilizado na informática para erros de programação em softwares) que já esclareceu diversos lances polêmicos ocorridos no futebol.

Bastou o software esclarecer um gol irregular marcado contra o Corinthians para jornaleiro azedo e espantador de audiência começar a colocar em dúvida a eficácia do software e outras estapafúrdias teses de conspiração.Já ouvi que o Corinthians “comprou” o tira-teima, que a Globo manipulou o lance para ajudar o clube paulista entre outras besteiras… O software provou que o jogador vascaíno está impedido, não vou brigar com o as imagens e muito menos colocar em dúvida um produto que está há tanto tempo e com sucesso no mercado.

Anúncios
Categorias:Uncategorized
  1. jony
    17/05/2012 às 10:18 pm

    minha cachorra tomou vermífugo e hj soltou vários maurinhos,

  2. 18/05/2012 às 12:17 am

    Este mauro cezar pereira(com letra minuscula mesmo) é um LIXO que se acha entendido de futebol e odeia o Corinthians assim como o cosme rimule, eles vivem de atacar o Timão, só assim conseguem serem ouvidos.O ódio que alguns sentem do Corinthians é tão grande que jornalista flamenguista apoia o Vasco até a morte e é isso que faz o Corinthians ser cada dia maior e mais forte!

  3. Martelli
    18/05/2012 às 12:15 pm

    Porque devemos comentar o que falam duas excrescências jornalisticas como Cosme Rimoli e Mauro Cesar Pereira. Dois lixos que não merecem nenhum crédito.

    • otrebor
      18/05/2012 às 12:20 pm

      Boa pergunta

    • 20/05/2012 às 11:28 am

      Martelli e Otrebor,apenas utilizei o asno hipócrita da ESPN para retratar a questão tira-teima que desde 86 tira dúvidas de lances polêmicos e depois de quarta-feira muitos começaram a contesta-lo com opiniões sem a menor lógica.
      Mauro Cesar Pereira e suas opiniões são legais apenas para debocharmos.

      Abraço

  4. Luiz
    18/05/2012 às 12:34 pm

    Tem certas coisas que são absurdas no futebol e são fomentadas pelo jornaleiros e “aceitas” como verdade….esta imaginação de complôs para tudo é ridícula……imaginar que num lance milímétrico, que o bandeirinha acertou ou poderia ter errado, achar “roubo” é risível…..
    Acredito que a tecnologia no futebol só servirá para verificar se a bola entrou ou não entrou no gol. Imaginemos nesse lance, a tecnologia mostrou depois de algum tempo que o gol foi ilegal, o jogo pararia esperando o tira-teima? E se um jogador estivesse prestes a fazer o gol e fosse marcado um impedimento, parando a jogada antes da conclusão e o tria teima mostrasse a posição legal, como reverter isso? Impossivel…..Acompanho vários blogues, acho rídiculo os caretas ter a petulância, a desfaçatez, a cara de pau de comentar e criticar jogos que só viu, se viu, os melhores momentos pela TV.- Quase nenhum deles vai à anos a um campo de futebol. Só veem pela TV. É impossível qualquer análise técnica assistindo um jogo pela TV, as cameras só acompanham onde está a bola…..

    • 20/05/2012 às 11:30 am

      Luiz,já debatemos isso algumas vezes aqui e sigo concordando com sua opinião não há como fazer análise de futebol apenas com os melhores momentos e isso é repetido todo domingo nessas chatas mesas redondas cheias de torcedores travestidos de jornalistas.

      Abraço

  5. Lino
    18/05/2012 às 1:35 pm
  6. David 77
    18/05/2012 às 4:20 pm

    Não tou mais entenedendo nada, devo estar louquinho. O Vasco tá no chororô por que a abirtragem não validou um lance irregular.
    Quanto ao esse dois grandes vermes da mídia só podiam estar aonde estão, se lambusando com estrume.

  7. Múcio Rodolfo
    19/05/2012 às 9:42 am

    1- Eu não li o que o UOL(ixo) disse sobre o tal de super-tirateima. Estou me baseando no que ouvi falar e por esta fonte este site informou que a Globo só mostrou o super-tirateima de madrugada! Nós mortais comuns temos desculpa para desinformação, mas para um site noticioso esta desinformação soa como canalhice.
    2- Os antis são tão bitolados que são capazes de recohecer (depois de muita relutância) de que o juiz acertou, mas que se o lance do gol fosse para o Corinthians ele teria validado,

  8. Paulo
    19/05/2012 às 11:17 am

    Dois acontecimentos deste meia-de-semana na Cucaracha demonstram claramente a quantas anda o anticorinthianismo na imprensa, expondo nas vísceras seu caráter pérfido e desonesto. O primeiro foi esse lance de São Januário. É óbvio que o tira-teima pode ser manipulado. Tudo o que é feito pelo homem é suscetível de manipulação ou erro. No caso, porém, as imagens da televisão, já no replay com a câmera aberta, mostrando a um só tempo o Émerson e o Alecsandro, deixavam claro que se tratava de uma situação limítrofe, de dúvida extrema para ser solucionada no “olhômetro” – a menos que tivéssemos uma câmera perfeitamente posicionada na linha do lance, o que não era o caso. No entanto, fugindo inadvertidamente da regra que normalmente se auto-impõe nessas ocasiões, lastreada no bom senso – ou oportunismo, se preferirem – Arnaldo César Coelho aventurou-se a ratear, de plano, apontando taxativamente para a suposta legalidade do lance. Quebrou a cara e teve que se retratar logo em seguida. Agora, eu pergunto: o que teria motivado Arnaldo a fugir das “normas de segurança”, no caso? O segundo acontecimento foi o pênalti não assinalado pelo nebuloso árbitro de Boca x Flor. Logo os “especialistas”, incluindo comentaristas-narradores, repórteres de campo e o próprio Carlos Eugênio Simon, que comentava arbitragem no jogo da FOX, se apressaram em apontar para a “cal”. Na minha opinião, com sobejas de razão. O que chama a atenção no lance, porém, não é a opinião por esses “profissionais” emitida, que endosso, mas sim a defesa explícita da tese – com que também concordo –  de que, ao virar-se de costas com os braços abertos, na horizontal, o jogador boquense teria “ampliado propositada e irregularmente o tamanho do corpo”, criando o risco, portanto, de produzir o “resultado” pênalti, ao interceptar a pelota. Tudo perfeito, mas daí eu pergunto: por que esses ilustres senhores, quando do jogo Vaxcu x Corinthians, pelo returno do Brasileirão passado, não apresentaram a mesma opinião quando daquela “jogada de vôlei” do Fágner na área ( com a agravante nada desprezível de que, ali, o braço do camarada foi alçado inteiramente na vertical, o que, até em termos de aerodinâmica, apresenta-se mais implausível que o braço na horizontal, se se quiser tentar justificar o fato como decorrência do movimento natural de equilíbrio do corpo ). Mas o mais gostoso de tudo – sacanagem à parte – foi ver a revolta dos jogadores do Flor, comissão técnica e jornalistaiada toda com o colombiano sacana que apitou o jogo ( ué, quando do nosso jogo com o Emelec em Guayaquil não era arbitragem “padrão à la cucaracha”? ). Ah, como são desonestos os anticorinthianos… 

    • 20/05/2012 às 11:38 am

      Paulo,

      Achei engraçada a postura de parte da imprensa brasileira depois do jogo do Fluminense,o arbitro foi o mesmo de Emelec x Corinthians e foi caseiro em ambos os jogos,entretanto enquanto no Fluminense o argumento usado por jornaleiros foi que o arbitro prejudicou o Flu-e prejudicou mesmo- no caso do Corinthians o argumento foi de que a arbitragem foi de “libertadores”.Só rindo mesmo…

      Abraço

  9. Flávio
    19/05/2012 às 1:16 pm

    No Bate-Bola teve um amebalá, que nem sei o nome que arrumo até um tira-teima pra FOX, ele disse que no tira-teima da FOX o gol foi legal, mas o equipamento e o software são exclusivos da Globo, e mostrou uma imagem do tira-teima da Globo dizendo que era da Fox e que mostrava o lance legal, só que a imagem era a que estava no UOL e mostrava o impedimento, da pra acreditar num canalzinho desse????

    • 20/05/2012 às 11:40 am

      Flávio,

      A ESPN não é séria canal de quinta categoria,muitos acreditam na fala séria de seus comentaristas mas se colocarmos nosso senso critico para analisar esse canal temos certezas que são um bando de amadores com fala bonita.

      Abraço

  10. Daniel louco
    19/05/2012 às 10:10 pm

    O ridículo Mauro César Pereira foi o mais patético !!!A ESPN devia mudar para a Europa de vez.abs

  11. Italiano
    21/05/2012 às 8:07 pm

    Prezados amigos ,

    Desculpe-me falar de um assunto que não tem nada haver , mas esse tal de quartarollo , é o maior filho da puta da mundo esportivo que existe , veja omo ele ofende os leitores de seu blog , alias não sei porque perdi meu tempo em entrar lá , quem quizer me ajudar e destruir esse desgraçado , agradeço….

    http://blog.jovempan.uol.com.br/quartarollo/itaquerao-imita-soccer-city-e-vira-palco-de-casamento/

    • David 77
      23/05/2012 às 3:41 pm

      Italiano esse quartarollo é paga pau do casares. Assim como 99% da rádio jp ele está a serviço do spfw. quartarollo (mesmo em começo de frase seu nome é com minusculas) é apenas mais um ser inferior que se acha dono da verdade e vive de ironizar o Corinthians. Conta com apoio dos ouvintes acéfalos dessa porcaria de organização que cultua a imagem de seu chefe antonio augusto amaral de carvalho, vulgo tuta, senhor que gosta de criar premios para depois recebe-los e não dispensa um bom puxa-saco.
      Nem perdi meu tempo, checando seu link pois sei o quanto esse sujeito é mal educado, principalmente em seu blog, nem educação esse jornaleirozinho tem.

  12. Eduardo
    30/05/2012 às 9:33 am

    Você não vai fazer um posto na narração ridícula do Cleber Machado no jogo de domingo torcendo descarando pelo Corinthians (o lance que o zagueiro tira a bola com o ombro é um dos momentos mais ridículos de todas as narrações que já ouvi na vida)

  13. Eduardo
    01/06/2012 às 2:54 pm

    Porque não publicou meu comentário. Só porque fala que tem alguém da imprensa torcendo pro Corinthians? O objetivo do site não é “mostrar a verdadeira face da imprensa esportiva brasileira”? Deveria mudar para “falar mal de quem não passa o tempo todo elogiando o Corinthians”.
    Ridículo vocês….

  14. André Souza Ribeiro
    03/06/2012 às 10:15 am
    • Múcio Rodolfo
      03/06/2012 às 11:59 pm

      Este Odir é uma piada! Falar em favorecimento de arbitragem? Justo ele que torce para um time que foi diversas vezes ajudado pela juizada em seus tempos de glória – os “românticos” anos 60. Tempos em que caixas de sapato não serviam apenas para guardar calçados. É desses que repete algo trocentas vezes sem verificar se de fato é verdadeiro ou não. Aliás, não verifcia porque sabe muito bem a resposta. Pretensiosos porque nos auto-proclamos torcedores do Todo Poderoso? E a presepada do cem anos de futebol arte? Cem anos encantando o mundo? O que mais teve ali foram times fuleiros e sem vergonhas. O Mundo na maior parte do tempo nem tomou conhecimento deste time que, basta ter um pouquinho de evidência, para ficar se achando. Este Odir tem problemas mentais. Folha prestada ao futebol brasileiro? Ah foi o time do Manjubinha que disputou as Copas de 58, 62 e 70? Que eu saiba tinha joadores de outros times nestas seleções. Em 62, o Negão saiu machucado logo no começo, mas o Garrincha segurou a bronca. O Amarildo entrou no lugar dele e não sentiu o peso da responsabilidade. Em 70, o Negão fez algumas graças que os puxa-sacos sempre atuantes trataram de transformar em lances geniais. Fora isso, com Gerson, Rivelino, Tostão no mesmo time, dava até pra trocar o Negão com o Dada Maravilha. O Brasil seria campeão do mesmo jeito. E por fim, grande novidade ele dizer que o Manjubinha vai ter a maior torcida do país no jogo contra o Corinthians. Sempre foi assim!

      • Múcio Rodolfo
        04/06/2012 às 8:44 pm

        Caro Wilson. O técnico Alfredo Sampaio (Alfredinho) numa reportagem da revista placar publicada em 1979 declarou que nos anos 60 um dos times que mais compravam jogos era o Manjubinha. Alfredinho fazia parte da comissão técnica do time dos “cem anos de futebol arte”. Mas tanto o Almir quanto o Alfredinho eram taxados como “polêmicos”, “malditos” e outros “desqualificativos” Valeu.

    • Wilson Timão
      04/06/2012 às 3:49 pm

      Esse é o time mais sujo do mundo Múcio. Se um jogador do Corinthians escrevesse um livro afirmando ter jogado dopado e o clube dado suborno para a arbitragem seria um fato lembrado todos os dias em todos os programas esportivos como fazem com o Castrille no lance em que a bola vinha na coxa do grosso e superestimado zagueiro César da lusinha e este resolveu matar a bola no peito pegando meio peito e meio braço.

      Almir Pernambuquinho em seu livro autobiográfico, intitulado “Eu e o Futebol”, admitiu ter se dopado para as finais do Intercontinental de Clubes de 1963 e que o árbitro havia sido subornado pelos dirigentes santistas e os jornaleiros se fingem de bocó.

    • 04/06/2012 às 10:32 pm

      Mucio,Adré e Wilson

      Esse Odir é conselheiro do Santoas portanto uma opinião viciada e pendente a um lado.

      O Santos vive de vitórias de quarenta em quarenta anos há um grande exagero de algumas mumias que fazem parte da imprensa brasileira com absurdos como por exemplo O Santos parou uma guerra e outras bobagens.

      Concordo com tudo que o Mucio escreveu.

      Abraço

      • Paulo Vitor
        05/06/2012 às 10:34 am

        O Santos parou uma guerra na África em 1969, quer brigar com a história agora ? E quanta gente xingando o Santos aqui hein ? Pelo jeito, estamos incomodando.

      • Wilson Timão
        05/06/2012 às 3:20 pm

        Conflitos na África e principalmente no Congo Belga sempre existiram e tanto o Santos quanto a Ditadura Brasileira sabiam disso. Mas como inflar o ufanismo do povo Brasileiro? Conflito é conflito, mas é lógico que fica mais folclórico espalhar para os incautos que pararam uma guerra.

        Deixe de ser inocente moleque.

        O fator principal é a preocupação da Ditadura de como o “Rei do Futebol” chegaria aos 1000 gols? Resposta: Se fizesse 6 ou 7 gols por jogo contra os catados africanos, não importaria que fosse em campinhos sem grama, com traves improvisadas e adversários famintos e maltrapilhos. Também não poderiam esquecer-se de contabilizar os muitos gols marcados quando servia o Exército Brasileiro contra requinhos pelo “fortíssimo” campeonato das Forças Armadas.

        Tudo pelo lema: Esse é um país que vai prá frente. Ame-o ou deixe-o.

        E tem jornaleiro paulista que menospreza os gols marcados por Romário e Túlio Maravilha.

  15. Múcio Rodolfo
    05/06/2012 às 9:44 pm

    Eu tenho a leve impressão que os congolanos estavam de saco-cheio com aquela guerra. Passar o tempo todo preocupado com um possível ataque inimigo é algo estressante pra dedéu. Então, eles arrumariam qualquer pretexto para ter um tempinho de intervalo, nem que fosse por um ou dois dias…..

  16. Paulo Vitor
    06/06/2012 às 11:39 am

    Até o Pelé você estaquestionando Wilson Timão ? Vai idolatrar o Tupãzinho vai rsrs.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: