Início > Uncategorized > Jornaleiros: Audiência televisiva em queda no futebol brasileiro

Jornaleiros: Audiência televisiva em queda no futebol brasileiro

Achei interessante a notícia postada pelo blogueiro Daniel Castro no Portal da IURD (R7):

Em 2012, a média na Grande São Paulo dos jogos exibidos pela Globo nas tardes de domingo é de 15 pontos, contra 17,4 de 2011 e 21 de 2010, enquanto na Bandeirantes a queda de um ano para outro é de 21%.

A audiência não está caindo por que as torcidas estão diminuindo ou então estamos deixando de ser o país do futebol, a questão é clara e sem muita discussão o principal motivo pela queda da audiência televisiva do futebol brasileiro é resultado da propaganda destrutiva de parte da imprensa contra o futebol disputado em nossas terras.

Quem destrói o futebol brasileiro não é a Globo, Sportv, Bandeirantes ou Fox que detém direitos televisivos de jogos entre clubes brasileiros e valoriza o produto e sim rádios, blogueiros e emissoras de TV de segunda categoria, personificados por ESPN, Record e Juca Kfouri, que não possuem direitos de transmissão de esportes e futebol brasileiro fazem campanha anti-futebol do Brasil.Mesmo com audiência beirando o ridículo, estes meios de comunicação são barulhentos e conseguem através da repetição e se utilizando das mídias sociais a disseminar que nada presta no futebol brasileiro e que tudo na Europa é lindo e maravilhoso.

A atual campanha da turminha é pelo fim dos estaduais que seguem como sempre foram, no caso de São Paulo, por exemplo, o melhor e mais forte estadual do Brasil, continua com times fortes e tradicionais do interior, revelando jogadores e com os grandes decidindo como de outrora, ou seja, o que mudou em relação ao passado?Absolutamente nada. Por que se deve acabar com um campeonato centenário e de onde muitos jogadores foram e serão revelados?

Mas a turminha segue batendo forte nos estaduais e através da campanha intensiva vão iludindo os mais bobos que os estaduais não prestam e que o futebol na Europa é o melhor, com isso o interesse pelos campeonatos do Brasil vai diminuindo fazendo com que a audiência caía a cada ano.Aqui no Brasil 4 x 4 é jogo fraco e com erros, na Europa 0 x 0 é jogão, cheio de emoção e alternativas, ao menos isso é divulgado semanalmente na imprensa.Esse ano cansei de ver peladas europeias tratadas como clássico e jogos emocionantes e cheios de gols do Paulistão sendo subestimados pela imprensa.

É necessário um basta na campanha de desvalorização do futebol brasileiro que passa por um ótimo momento entre seus clubes, pois estamos cheios de grandes jogadores e com bons jogos dentro de campo.Para que esse panorama de desvalorização mude a Globo deverá ter um papel fundamental mostrando o lado bom do futebol da mesma forma que feita pela turminha do contra, ou isso acontece ou então não teremos mais futebol brasileiro aos finais de semana,pois a televisão não colocará um produto de audiência pequena nas tardes de domingo,tendo o torcedor que se contentar com Fulham x Charlton aos domingos à tarde com a turminha da ESPN.

Anúncios
Categorias:Uncategorized
  1. Luiz
    21/04/2012 às 2:14 pm

    Ótimo post. Verdade absoluta.`Estes jornaleiros de 4a. categoria fazem um mal muito grande ao futebol Brasileiro. Desmerecem o tempo todo os campeonatos regionais, chamando-os de Paulistinha, Carioquinha, etc (os grandes clubes recebem cerca de 500 mil por jogo, independente de renda, patrocinios, etc. etc.) querem acabar com os campeonatos com o argumento que os ditos cujos poderiam excursionar pelo mundo (esquecem de dizer onde no mundo e qual o cachê e se existe este mercado (?) capaz de pagar R$ 500 mil livre por jogo para os 12 maiores clubes do Brasil por 3 meses, 2 jogos por semana). É de uma irresponsabilidade e picaretagem sem tamanho. É díaria as reportagens e posts sempre falando de intrigas, acusações sem procedência, sempre uma ilação de malandragem i[embutida, a qual o povão compra como verdade e se degladiam até a morte por isso.
    Todos os dias lemos a “suspeita de arranjos de arbitragens”, etc. etc. Na imprensa Brasileira temos dezenas de ex-jogadores e árbitros, alguns milionários e independentes, sem papas na lingua. Porque eles não falam que no jogo tal o árbitro “foi comprado ou o campeonato foi manipulado ou coisa parecida” – simplesmente porque não existe isso corriqueiramente, existe sim, erros de arbitragens, calendários mal elaborados e coisas desta ordem, iguais a toda atividade humana. Exceto para os jornaleiros que acham os paladinos da moral e da ordem, acima do bem e do mal. ´Se acham no direito de opinar como verdade absoluta as bobagens que proferem.
    Veja que reclamação ridícula fez o Muricy, a Globo, que paga grande parte de seu salário milionário, antecipou em uma semana um jogo do Santos, para adequar a sua grade de programação, que fatalmente será corrigida na próxima semana com a folga na tabela. Joga todo o povão contra a transmissão. Hoje o Barcelona e Real jogam o jogo mais importante do Campeonato Espanhol e na 3a. e 4a. jogam partidas decisivas na Champions e não tem nenhum Muricy reclamando lá.

  2. 21/04/2012 às 3:17 pm

    A média colocada acima não representa o ano todo, apenas o começo do ano, então essa previsão é furada. A média de audiencia vai aumentar, pq sempre aumentou do paulista pro brasileiro. No final do ano veremos se aumentou ou diminuiu.

  3. Wilson Timão
    21/04/2012 às 4:56 pm

    Discordo, em parte, mais uma vez Gustavo.

    A ganância em conquistar todos que afastou a maioria apaixonada. Não sei como a competentíssima Rede Globo foi cair nessa. O Dr. Roberto Marinho deve estar se remoendo dentro do caixão.

    É fato provado e comprovado que o futebol é 100% paixão. Inexplicavelmente inventaram uma imparcialidade xiita que gerou ódio de todos amantes do futebol em relação às emissoras, narradores e comentaristas. A fuga de audiência foi à única coisa que conseguiram conquistar com essa imbecilidade “imparcial” que se não for imediatamente repensada vai ser difícil de reverter à aversão criada.

    Queremos narradores que gritem com toda força de seus pulmões os gols do nosso time de coração, queremos comentaristas que estejam do nosso lado, ou que no mínimo sejam justos.

    As detentoras das transmissões do futebol erroneamente entraram na onda do mundo cão protagonizado pelo baixo nível futebolístico criado por Milton Neves, que seria fatalmente relegado ao ostracismo não fosse imitado por gente tinha credibilidade e preferiu trocá-la por uma audiência que seria passageira.

    Concordo quanto às emissoras de TV de segunda categoria, personificados por ESPN e Record e aproveitadores de plantão que caíram de paraquedas e principalmente em relação à blogueiros e twitteiros que encontraram um novo nicho para extravasar sua homossexualidade tipo Perrone, Birner e até viadões pé de chinelo como o Cosme Rimole. Esses são os piores.

  4. Wilson Timão
    21/04/2012 às 5:12 pm

    Dificilmente o pessoal volta nos posts anteriores. Então em relação ao Cosme Rimole é fato provado que o cara é uma bichona que fica atrás dos michês rotativos do Trianon e Consolação. Que credibilidade tem um viado desses.

  5. Múcio Rodolfo
    21/04/2012 às 10:42 pm

    Essa campanha de desmoralização do futebol paulista por parte de alguns jornaleiros é antiga, mas é possível que tenha se intensificado nos ultimos tempos. VErdade que os times interioranas caíram muito comparado a um passado mais ou menos distante. Mesmo assim o campeonato paulista está longe de ser o lixo que um Flávio Prado da vida tenta mostrar. Aliás, se o paulistão é esta nulidade, então porque disponibilizar toda uma equipe de reportagem para fazer a sua cobertura? Por que o seu Juca Kfouri ao invés de perder tempo comentando os jogos da segunda fase, não apresenta um programa apenas sobre o maravilhoso e perfeito futebol europeu?

  6. Paulo
    22/04/2012 às 12:42 pm

    Eu tenho, sobretudo, amor ao Corinthians, de forma que qualquer jogo em que o Timão não atue ou tenha interesse direto e imediato torna-se, para mim, enfadonho. Pode até ser o Barcelona, o Real, o Milan ou quaisquer desses que não vira. Embora haja um grande esforço pra valorizar os campeonatos europeus, até como estratégia de sobrevivência da pequena mídia tupiniquim, sobretudo tv a cabo, mas também aberta – e isso desde os anos 80, quando a TV Bandeirantes começou a transmitir o campeonato italiano – o fato é que a maioria dos jogos são chatíssimos ( a julgar pelos poucos que vi, enfrentando o enfastio, às vezes por absoluta falta de opção ). Mas, enfim, essa é uma posição personalíssima minha. Vejo pelos blogs pessoas embevecidas por esses jogos ( nem assim me entusiasmo, como já não me entusiasmava na década de 80 ), e acredito portanto que deva haver público para esse nicho e para ver o futebol paulista e os regionais ( embora, cá pra nós, campeonato mineiro, baiano, gaúcho e quetais deve ser mesmo um saco pra assistir, pela falta quase que absoluta de competitividade, mas lembro que esse também é o mal da maioria dos campeonatos europeus, então, não deve ser a razão pra audiência baixa, nem a possível má qualidade em si do futebol apresentado ). O que pega mesmo é a rivalidade. Nesse aspecto, o Paulista é até bom, pois temos quase sempre quatro times disputando, da mesma forma que no Carioca, além de serem adversários históricos. Sendo assim, não entendo bem porque a audiência vem caindo, mas talvez os termos de comparação – como lembrou alguém aí em cima – estejam distorcendo as conclusões: é melhor mesmo esperar o fim do ano pra avaliar a audiência pela média, que tende a subir com o Brasileirão ( aliás, se as médias de 2010 e 2011, apresentadas no post como medidas de comparação, já são do Paulista, ainda assim seria mais prudente aguardar a fase de mata-mata de 2012 antes de tirarmos conclusões definitivas ). Por outro lado, acredito que com uma redução pequena no número de participantes pudéssemos ganhar em interesse e audiência, talvez – o Paulista, por exemplo, poderia ser reduzido para 16 times participantes -, ainda que não de forma significativa, mas como medida pontual ( na verdade seria preciso fazer uma pesquisa bem mais ampla para sabermos se existem outros fatores atuando para a “queda” na audiência, se seria algo cíclico, conjuntural ou estrutural – diminuição geral do número de aficcionados por futebol, por exemplo ). O fato, porém, é que enquanto a organização do futebol estiver estruturada em federações e confederação, acho muito difícil haver mudanças significativas nesse cenário, pois ninguém quer abrir mão de poder.

  7. 23/04/2012 às 8:26 pm

    Quem desdenha quer comprar, não dá para levar a sério espn, uol, gazeta, record e outros(todos com letra minuscula mesmo), afinal eles não tem os direitos de transmissões e seus pessimos comentaristas vivem maltrantando não só os Estaduais mas todo o Futebol Brasileiro.

  8. Jimi Jones
    23/04/2012 às 8:57 pm

    Concordo com você. E acho estranho na ESPN eles falaraem tão mal dos estaduais, dos estádios do interior, enfim, mas cobrem a Copa do Brasil e tratam-na como linda, e até “cultural”. Não que não seja, mas não falam dos mesmos problemas que a Copa tem, no que diz respeito a estádios e jogos, tecnicamente. Acham defeito até no Quero-quero no Campeonato Estadual. Se fosse na Copa do Brasil-que ele tem direito- seria lindo e normal. Acham lindo jogos patéticos da Europa. Campeonato Russo. Bola laranjada. Que horror. Não que não deva passsar. Até vejo. Mas não fale mal do nosso e se calem diante de tal porcaria. Endeusam jogadores horríveis. Tipo: John Terry pra mim é um Ronaldo Argelim piorado. Os estaduais não podem acabar. Acho que podem desinchar um pouco. Se não tiver jeito, fica como está. Jamais acabar. É receita pros clubes. Propaganda, mídia. Os clubes recebem por aparições na televisão. Número de jogos em que terão a camisa exposta com os patrocinadores. Receita de bilheteria. Se acabar, é menos dinheiro para os clubes. Consequentemente, times mais fracos, e por aí vai. Reparem, ningém reclama dos estaduais, nem os técnicos (exceto o chato do Muricy) nem jogadores. Jogo quarta e domingo? Pra que os clubes pagam 30 jogadors no plantel? Os técnicos adoram os estaduais. É laboratório SIM para o Brasileirão e fases finais de Copa do Brasil e Libertadores. Estadual é onde o técnico encaixa, testa, acerta o time. Jogo chato? Já vi muito clássico de Brasileirão 0x0. E chato pra carai. E joguinho do Paulista emocionante. Todo campeonato tem jogo chato. Estaduais, definitivamente, não podem acabar.

    Obs: Acho a Sportv tão “nociva” quanto a ESPN. Faz inversamente. Não relevou, como deveria, fatos importantes do nosso futebol, e falou de outros sem importancia alguma. Escondeu, anti-jornalisticamente, muita coisa. Voce sabe do que falo. Acho o que mesmo você da ESPN, mas a vejo. Gosto e acho importante. Por que? Vou tansformar uma outra frase: “Pior que não ver nenhuma emissora, é ver só uma”

  9. Paulo Vitor
    25/04/2012 às 9:51 am

    Não acho que essa queda de audiência seja por causa do futebol europeu, a audiência do futebol europeu é baixa. Acho que seja porque o torcedor está assistindo futebol brasileiro em outras midias. O Sportv, que dedica a maior parte da sua programação ao futebol brasileiro, teve, no ano passado, aumento de 16 % na audiência, o número de vendas do pay – per – view cresce ano após ano, além de ser possivel assistir jogos pela internet.

  10. BASILIO77
    30/04/2012 às 9:41 am

    O artigo foi perfeito, há tempos tenho dito isso em conversas com colegas. Poucos enxergam que a imprensa, nada mais é que uma empresa como outra qualquer…buscam lucros e vender “seus produtos”…e de preferência criticas o produto do concorrente. Comportamento básico do mundo cão dos negócios.

    Quando uma criança brasileira torce pelo barcelona, real ou manchester…se seu time tropeçar diante de um time menor, ou mesmo perder um clássico…vai ouvir tiração de sarro na escola, rede social ou em outro meio que circule? Não.
    Aí vai ficando cada vez mais confortável torcer por clubes de fora…afinal, lá o futebol é tão limpo quanto a alma de um recém nascido…pelo menos é que vendem aqui…

    Bom texto cara. Gostei!
    Vamos ver se os brasilelros amantes do futebol abrem os olhos e enxerguem que enquanto metemos o pau no nosso “mundinho”, lá fora os caras usam patrocinio de site de apostas na camisa, lavam dinheiro a rodo, e time pequeno simplesmente NÃO TEM chance de chegar a titulo importante porque a arbitragem NAÕ DEIXA.
    Abraço.

  11. Tom
    19/11/2012 às 3:23 pm

    Excelente seu post. Parabéns!

    Conheça a Incrível TV2010 com mais de 10 mil canais ao vivo sem mensalidades!

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: